Atravessadores ‘atropelam’ DPVAT

Seja na forma escrita ou por meio de vídeos, no site oficial do Seguro DPVAT o que não falta é informação alertando para a gratuidade da solicitação do benefício, que garante a indenização em caso de acidente de trânsito que resulte em morte ou invalidez permanente e o reembolso de despesas médicas e hospitalares devidamente comprovadas. Os avisos têm um porquê: evitar que os beneficiários do seguro sejam enganados por terceiros interessados em ficar com parte do dinheiro. Continue lendo

Motos somam 75% das indenizações do seguro obrigatório

As motocicletas continuam na liderança das estatísticas de indenizações do seguro obrigatório. Os acidentes envolvendo o veículo de duas rodas representam 75% de todas as indenizações pagas pela Seguradora Líder, administradora do seguro no Brasil , no primeiro semestre deste ano. Continue lendo

Falta de pagamento do DPVAT impede motoristas de receberem indenização

Os motoristas que ainda não pagaram o Seguro Obrigatório para indenizar vítimas de acidentes de trânsito (DPVAT), podem quitar sua dívida a qualquer momento. Porém, os condutores de veículos devem ficar atentos, pois quem não realizou o pagamento está sem cobertura em caso de acidente, como também o veículo impedido de obter o licenciamento anual. Continue lendo

Consumidores mais conscientes de sua responsabilidade

Realizado em Porto Alegre, a segunda edição deste evento tem o objetivo de fazer interagir órgãos reguladores, consumidores e seguradores visando a transparência do setor. O diretor executivo da Fenasaúde, José Cechin, falou sobre os Direitos e Deveres do Consumidor à Luz da Tendência de Crescimento do Custo na Saúde. Após fazer um balanço sobre a representantividade da entidade, que reúne 38 milhões de beneficiários, ele abordou a visão da Saúde Suplementar como um grande problema. Continue lendo

Quando o segurado perde o direito à indenização

Ao contratar o seguro, o cliente conta com a garantia de benefícios e coberturas, porém alguns comportamentos podem fazer o mesmo perder o direito a indenização. A negativa pode se dar, por exemplo, após ser constatado que o segurado estava dirigindo alcoolizado, por ter mentido na hora de preencher o perfil ou por ter descumprido alguma cláusula contratual. Continue lendo