Fique atento aos detalhes antes de contratar um seguro de vida coletivo

Com a população cada vez mais preocupada com proteção financeira, as pessoas precisam estar atentas a uma série de questões que influenciam na hora de escolher algum tipo de seguro. Antes disso, é preciso ficar atento às diferenças entre os seguros existentes e fazer uma avaliação prévia de seu perfil, avaliando seu comportamento, atividades, se tem filhos ou não etc.

O mesmo deve valer seguros de vida coletivos, sejam eles disponibilizados pelas empresas onde trabalham ou por associações. Leonardo Lourenço, superintendente de marketing da Mongeral Aegon, alertam que as pessoas não estão atentos ao fato de que esse tipo de plano não tem vínculo direto com a pessoa e podem ser cancelado pela seguradora ou alterado a qualquer momento, sem o consentimento do cliente final.

O que mais atrai nestes casos é que os valores podem ser mais atrativos, mas é preciso consideram que a maioria destes seguros garante uma cobertura financeira apenas em caso de morte ou invalidez, sem proteger o cliente em outras situações, como afastamento temporário por acidente, doença grave, ou mesmo se ele precisar se internar.

“Os planos em grupo costumam ser interessantes porque os valores pagos por mês são ainda menores, mas o ideal é que o cliente esteja sempre atento a possíveis mudanças contratuais, de cobertura ou mesmo em relação ao cancelamento. Além disso, é sempre indicado que ele busque uma complementação desta proteção que seja mais adequada ao seu perfil”, aconselha.

Comentários estão fechados